Oncologia: a estrutura hospitalar adequada faz a diferença

Muita gente não sabe disso, mas a estrutura hospitalar é uma parte integrante de um sistema coordenado de saúde, segundo a OMS. Sua função principal é fazer com que haja uma assistência total na vida de um paciente para que ele melhore sua qualidade de vida.

Um hospital deve combinar vários recursos para que ele seja completo, como por exemplo:

  • Tecnologia;
  • Recursos Humanos;
  • Boa infraestrutura;
  • Política de controle de risco.

Dentre várias outras opções para que se possa atender intervenções mais complexas como as de cirurgias cardíacas, por exemplo. Se você quer saber então como um hospital pode ser fundamental, continue lendo.

Como a estrutura hospitalar pode fazer diferença para o paciente?

O câncer atinge milhares de pessoas todos os anos, independentemente da idade.

Por se tratar de uma doença que exige cuidados e que o tratamento é delicado, o hospital deve ter uma boa estrutura para que possa cuidar do paciente sem muita dificuldade.

A doença, se não tratada com antecedência, pode levar à morte. Sabendo então de sua gravidade, os pacientes oncológicos acabam desencadeando várias outras coisas como:

  • Medo;
  • Ansiedade;
  • Insegurança;
  • Depressão.

Entre várias outras coisas que podem abalar o psicológico dessa pessoa. Esses fatores podem gerar sintomas físicos que tornam a vida do paciente ainda mais limitada.

Assim, suas atividades de rotina acabam se tornando limitadas. Então, para que se diminua essa incapacidade e sofrimento, o hospital pode oferecer um apoio que o paciente precisa.

A estrutura hospitalar reflete bastante sobre como o paciente pode evoluir seu quadro para melhor, dando acesso a tratamentos, rastreamento da doença, cuidados paliativos, equipe médica à postos, etc.

O hospital deve contar com diversos profissionais de várias áreas médicas que vão dar o suporte necessário para este paciente. Isso trará segurança e confiança ao enfermo.

O que um hospital deve ter?

Para que se diminua toda a tensão que o paciente oncológico está sofrendo e ainda possa tratar sua doença de modo eficaz, o hospital deve disponibilizar acesso a:

  • Equipes médicas especializadas em tratamento de câncer;
  • Diversos tipos de terapias;
  • Centros cirúrgicos equipados;
  • Equipe multidisciplinar;
  • Conforto na internação;
  • Centros de prevenção e de diagnóstico.

Além disso, o hospital deve ter o entendimento de que cada paciente com câncer é único. A equipe de profissionais de saúde devem ser capacitadas para que possam atender cada paciente de modo adequado.

A equipe multidisciplinar leva em conta características específicas dos pacientes, seu tumor e qual será a eficácia dos tratamentos. Por isso que ter uma assistência de alta complexidade que seja:

  • Integrada;
  • Humanizada;
  • Centrada.

Para que cada paciente se sinta seguro e esperançoso sobre seu quadro. Um hospital bem preparado, reflete também em como o paciente pode ter uma recuperação mais rápida.

Além de claro, todo o suporte prestado, o paciente tem a visão de que o lugar onde ele se trata lhe dá todo o suporte necessário e conta com todos os aparelhos e profissionais necessários para atuarem em prol de sua melhora.

Observando pelo lado psicológico, isso traz mais segurança para esse indivíduo, pois ele se sente confiante do cuidado que está recebendo.

Quais áreas trazem um diferencial para a estrutura hospitalar?

Como citamos anteriormente, algumas áreas acabam sendo vitais para que o hospital entregue ao paciente tudo aquilo que ele precisa. Esses componentes são:

Equipe multidisciplinar

A equipe médica multidisciplinar é um fator diferencial no tratamento contra o câncer

O trabalho de assistência ao paciente acaba envolvendo muitas competências para que seja eficaz. Sendo assim, as equipes multidisciplinares por meio do cuidado e de um conhecimento técnico, atuam para que se possa ter excelência em um atendimento.

Entende-se que, por excelência, estão envolvidos fatores como:

  • Acolhimento do paciente e família;
  • Equipe bem informada;
  • Acompanhamento de perto do início ao fim;
  • Apoio em todas as áreas.

A missão principal então é fazer com que o cuidado seja a principal ponte para a recuperação de uma pessoa, sendo ele abrangente e efetivo.

2. Infraestrutura e Tecnologia

Um hospital ou clínica que possui boas tecnologias disponíveis para uso, sempre trazem ao paciente uma segurança a mais.

O impacto disso tanto para esses pacientes quanto para as equipes médicas é muito sentido. Principalmente porque a tecnologia está diretamente ligada a uma boa organização.

Um hospital que tenha alto nível e que ofereça recursos de ponta para que possam atuar, atraem a atenção de bons profissionais que querem fazer parte da equipe e também dos pacientes.

3. Baixo índice de infecção

A infecção hospitalar é uma das principais causas de morte em hospitais onde a infraestrutura não é adequada para que o paciente se mantenha seguro.

Uma boa infraestrutura hospitalar deve contar não só com locais adequados para receber os pacientes ou ter uma boa equipe de médicos.

Um dos pontos principais para tornar um hospital bom, é a segurança que ele oferece a saúde dessas pessoas mais fragilizadas.

Em especial os pacientes com câncer, que tem um sistema imunológico afetado. O trabalho de prevenção de infecção hospitalar fará com que o paciente tenha uma melhor qualidade de vida enquanto está no local.

Como o câncer age de modo distinto em cada pessoa, ele acaba por ter uma necessidade de cuidado diferente. Basicamente, os cuidados incluem:

  • Curativo;
  • Remissão;
  • Cuidado paliativo.

Para um paciente com câncer, o foco principal está na melhora da qualidade de vida do paciente e não prolongar para que ele tenha uma vida sofrida.

O médico e o hospital devem ajudar para que esse paciente tenha todo apoio para que entenda suas fraquezas e consiga se recuperar o quanto antes.

Conclusão

Uma boa estrutura hospitalar é vital para melhorar o quadro de um paciente, cobrindo todas as fases: diagnóstico, internação, estada e recuperação.

Contar com o apoio não só dos profissionais, mas também de toda uma estrutura que oferece fácil acesso a tratamentos, conforto, equipamentos de primeira e cuidados se mostra muito satisfatório nos resultados.

Conte aqui se este artigo lhe ajudou de alguma forma e compartilhe-o com mais pessoas para que elas também saibam a relevância que esse assunto tem.

 

Gostou desse produto? Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram